1590022916308_Site

Na próxima quinta-feira, a Igreja celebra a festa da Ascensão do Senhor. A solenidade litúrgica comum a todas as Igrejas cristãs, acontece 40 dias depois da Páscoa da Ressurreição. Ascensão significa subida, ou seja a elevação de Cristo aos céus. Jesus conduziu os apóstolos para Betânia e ao chegar no Monte das Oliveiras (chamado Monte da Ascensão) os abençoa e fala a todos antes de subir ao céu e retornar ao Pai. Diante dos discípulos, Jesus ergue aos céus e conclui Sua presença no contexto histórico e inicia a história da Igreja.

“Depois de dizer isto, Jesus foi elevado, à vista deles, e uma nuvem o retirou aos seus olhos. Continuavam olhando para o céu, enquanto Jesus subia. Apresentaram-se a eles então dois homens vestidos de branco, que lhes disseram: ‘Homens da Galileia, por que ficais aqui, parados, olhando para o céu?’ ” (At 1, 9-11).

Esse é o momento em que Jesus revela mais uma vez a sua condição Divina e a Sua entrada triunfante no Reino de Deus. Celebramos Jesus dando por completa Sua missão. Ele veio do Pai, nos revelou Sua misericórdia, nos ensinou a amá-Lo sobre todas as coisas e a fazer toda Sua vontade. A Ascensão de Jesus não é uma despedida, mas sim, uma nova maneira de vivermos a presença Dele, que agora continua agindo através daqueles que Nele acreditam e que se dispõem a continuar o Seu amor no mundo.

A solenidade também é o ponto de partida para começarmos a ser testemunhas e anunciadores de Cristo exaltado que voltou ao Pai para sentar-se à sua direita. No monte da Ascensão, os anjos disseram aos apóstolos: ‘Esse Jesus, que do meio de vós subiu ao céu, um dia virá do mesmo modo com que o vistes ir para o céu’ (At 1, 11), e os fiéis, que, enquanto aguardam a volta final de Cristo, precisam pôr a mão na massa.

Papa Francisco destaca a celebração da Ascensão como um chamado a anunciar o Evangelho por todo o mundo. “Por um lado, a Ascensão dirige nosso olhar ao céu, onde Jesus glorificado se senta à direita de Deus. Por outro, recorda-nos o início da missão da Igreja: Jesus ressuscitado e elevado ao céu envia seus discípulos a difundir o Evangelho por todo o mundo”.